FAP nos automóveis a gasolina já em 2017

É já a partir de setembro que os fabricantes de automóveis vão ser obrigados a equipar os veículos novos a gasolina com filtros de partículas (FAP) como já acontece nos automóveis a gasóleo. O principal objetivo é reduzir as emissões de gases poluentes para a atmosfera.

Esta é uma imposição da União Europeia que completa a futuro norma Euro 6c, que obrigará a uma redução na emissão de partículas emitidas pelas unidades motrizes a gasolina para um décimo dos valores da atualidade.

Quem não está muito contente com esta nova imposição são os fabricantes de automóveis, uma vez que esperavam esta medida apenas em 2019, já que segundo a Associação de Fabricantes de Automóveis da Europa o tempo é escasso para operar esta transformação nos automóveis até ao próximo ano.

Em contraponto a Comissária com a pasta deste departamento do ambiente de seu nome Elzbieta Bienkowska afirma que: que “os fabricantes devem começar já a desenhar os seus automóveis para emissões de partículas mais baixas, e introduzir os filtros necessários nos carros a gasolina que são já amplamente utilizados nos diesel”.

Esta decisão que antecipa a data para entrada desta medida surge depois dos receios que possam voltar a aparecer medidas duvidosas como as alterações nos softwares dos automóveis que permitem alterar os valores emitidos como aconteceu no escândalo do dieselgate.

Desde 2014 que já existe um automóvel a gasolina ser comercializado com filtro de partículas, o topo de gama Mercedes S500.

Outras marcas já anunciaram o seu plano para progressivamente adotarem este componente às suas gamas de automóveis já a partir do inicio do próximo ano.

Será que existirá os mesmos problemas como acontece nos carros a gasóleo?

 

Fonte: Autoblog

Comments 1

  1. O meu astra diesel tem um cancro e chama-se filtro de partículas. Diminui a emissão de partículas mas aumenta as emissões de CO2 e de NOx através do aumento do consumo….além de prejudicar a lubrificação e a longevidade do motor. Sinceramente não sei se nestes motores de ultima geração existe alguma vantagem real.
    Nos motores a gasolina não espero grande coisa,,,

Deixar uma resposta